Eficácia da Folha de Bananeira (Musa sp.) no Controle de Vermes Gastrintestinais em Pequenos Ruminantes

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Jackson Luiz Ribas EVANDRO MASSULO RICHTER VIVIANE MILCZEWSKI ANA PAULA CERDEIRO ELIANA SCHAFHCUSER

Resumo

O criador de pequenos ruminantes tem grandes perspectivas para criação, com utilização de fitoterápicos para o controle da verminose. O objetivo deste experimento foi avaliar a eficácia da suplementação alimentar com folhas de bananeiras como método auxiliar de controle de verminose em ovinos e caprinos. Foram utilizados 31 animais, os grupos 1 (n=6 ovinos)e 2(n=9caprinos)constituíram os grupos controle sem tratamento. Os grupos 3 (n=6 ovinos) e 4 (n=10 caprinos) foram tratados por 26 dias com 1Kg/animal/dia de folhas verdes picadas de bananeiras das variedades, banana-nanica Musa sinensis L. e banana-de-são-tomé Musa paradisiaca L. Em função da observação das médias de OPG e Famacha©, verificou-se que não houve diferença entre os grupos tratados e não tratados. Este fato pode ter ocorrido devido ao curto período de administração das folhas de bananeira, ou o fornecimento restrito a 1kg/animal/dia.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
RIBAS, Jackson Luiz et al. Eficácia da Folha de Bananeira (Musa sp.) no Controle de Vermes Gastrintestinais em Pequenos Ruminantes. Cadernos de Agroecologia, [S.l.], v. 4, n. 1, dec. 2009. ISSN 2236-7934. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/cad/article/view/4815>. Acesso em: 26 oct. 2021.
Seção
3. VI CBA e II CLAA - Agroecossistemas/Produção animal