Arte e Agroecologia em cena na Troca de Saberes

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Glauber Cardoso Guimaraes

Resumo

A Troca de Saberes acontece anualmente desde 2009 e traz para a cena o estudo e a valorização do conhecimento empírico agroecológico vivenciado pelas diferentes comunidades tradicionais e movimentos sociais em diálogo com os educandos da UFV, extensionistas e colaboradores, que integram o Programa Teia e a Assessoria e Observatório dos Movimentos Sociais. Define-se como ação pedagógica que busca aliar de forma sinérgica os saberes do povo e das ciências transformando conhecimento em sabedoria. Objetiva acolher e dialogar, dentro do ambiente universitário, temáticas que envolvem os grupos historicamente marginalizados. Constrói-se, assim, uma “ecologia de saberes” agroecológicos de maneira potencialmente artístico-pedagógica envolvendo diferentes autores e atores sociais que realizam e fomentam sua expressividade através da arte e da diversidade de saberes-fazeres. Nesta escrita entrelaçamos fragmentos da trajetória da ArteEducação Agroecológica vivenciadas em oito anos da atividade Troca de Saberes, sendo, portanto, um texto ainda inconcluso e aberto aos sujeitos que a co-criam.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
CARDOSO GUIMARAES, Glauber. Arte e Agroecologia em cena na Troca de Saberes. Cadernos de Agroecologia, [S.l.], v. 12, n. 1, aug. 2018. ISSN 2236-7934. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/cad/article/view/22810>. Acesso em: 19 nov. 2018.
Seção
Artigos