Interações no agroecossistema como prática da construção coletiva do conhecimento agroecológico

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Claudemar Mattos Guilherme Strauch Renato Nazário Cristhiane Oliveira da Graça Amâncio Robson Amâncio

Resumo




Este artigo traz contribuições a partir de reflexões dos autores sobre a metodologia denominada Análise Econômica e Ecológica de Agroecossistemas, a qual foi trabalhada a partir de oficinas de Modelização de Agroecossistemas, realizadas como parte das ações do projeto Ambientes de Interação Agroecológica, executado em parceria entre a Articulação de Agroecologia do Rio de Janeiro e o Núcleo Interdisciplinar de Agroecologia da UFRRJ. Os autores consideram que os princípios, conceitos e práticas decorrentes da aplicação da metodologia reforçam a construção do conhecimento agroecológico, pois ajudam na compreensão multidimensional presente nos agroecossistemas, destacam a complexidade dos fluxos e relações existentes, criam ambientes de compartilhamento de saberes, valorizam o protagonismo das famílias como gestoras dos seus espaços e autoras de histórias de vida, e trazem à luz da análise os vários conflitos presentes nos distintos territórios do estado do Rio de Janeiro.




##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
MATTOS, Claudemar et al. Interações no agroecossistema como prática da construção coletiva do conhecimento agroecológico. Cadernos de Agroecologia, [S.l.], v. 12, n. 1, july 2017. ISSN 2236-7934. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/cad/article/view/22368>. Acesso em: 22 may 2018.
Seção
Artigos