I Terreiro cultural da Escola Família Agrícola de Natalândia: o papel da cultura na transformação da educação

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Fabrício Vassalli Zanelli Janaína de Fátima Souza Danielle Rocha dos Santos Yasmine Chicralla Alvarez

Resumo




A trajetória da educação do campo está intimamente ligada à Educação Popular, sendo que ambas se apresentam enquanto ciência, prática e movimento social. Os processos e práticas educativas da educação do campo têm se fortalecido com a agroecologia, que também se apresenta enquanto movimento, ciência e prática, trazendo aportes não apenas no campo do manejo dos agroecossistemas, mas no trabalho com a dimensão sociocultural dos povos do campo. Este resumo sistematiza a realização do I Terreiro Cultural na Escola Família Agrícola de Natalândia, uma ação conjunta entre a associação da escola e o programa de extensão Trabalho, Juventude e Agricultura Familiar (PROEXT/MEC/SESu), que potencializou o fortalecimento da relação entre escola – famílias - comunidade. Buscaremos analisar como esta atividade articulou temáticas como Juventude, Cultura Popular/Etnicidades e Políticas Públicas, ao passo em que trouxe contribuições importantes à nossa prática da extensão universitária.




##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
ZANELLI, Fabrício Vassalli et al. I Terreiro cultural da Escola Família Agrícola de Natalândia: o papel da cultura na transformação da educação. Cadernos de Agroecologia, [S.l.], v. 12, n. 1, july 2017. ISSN 2236-7934. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/cad/article/view/22364>. Acesso em: 23 sep. 2018.
Seção
Artigos