Caravana Agroecológica e Cultural do Rio de Janeiro: processos educativos e diálogo de saberes

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Larissa Aparecida da Silva Cabral Christiane Oliveira da Graça Amâncio

Resumo




Este artigo tem por objetivo apresentar a experiência da Caravana Agroecológica e Cultural do Rio de Janeiro como um ambiente de interação de múltiplos saberes e estratégias de construção da agroecologia. O evento fez parte das atividades do Projeto Comboio Agroecológico do Sudeste, Chamada 81/2013 MDA/CNPq e foi realizado em novembro de 2015. Apresenta-se neste trabalho as metodologias participativas e a educação popular como eixos de apoio para a aproximação e fortalecimento dos sujeitos da agroecologia, pautado no diálogo e na participação de diferentes culturas, fortalecendo as redes sociotécnicas existentes nos territórios visitados no evento. Conclui-se que a Caravana RJ é uma ferramenta relevante para a construção do conhecimento científico e tácito, na perspectiva de valorização das epistemologias que a constroem, contribuindo assim para a indissociabilidade pesquisa, ensino e extensão.




##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
CABRAL, Larissa Aparecida da Silva; AMÂNCIO, Christiane Oliveira da Graça. Caravana Agroecológica e Cultural do Rio de Janeiro: processos educativos e diálogo de saberes. Cadernos de Agroecologia, [S.l.], v. 12, n. 1, july 2017. ISSN 2236-7934. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/cad/article/view/22330>. Acesso em: 21 feb. 2018.
Seção
Artigos