Rede Mãos à Horta: movimentação e fortalecimento da agricultura familiar em transição agroecológica

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Heder Schuab Ferreira Felipe Dantas Barbosa Victor Pires Carvalho Campos Luís Vinícius Pinto Gouveia Ivan Araújo Soares Carlos Miranda Carvalho

Resumo




A Rede Mãos à Horta de Prossumidores surge pela iniciativa de estudantes do curso superior formal de Bacharel em Agroecologia em parceria com produtores rurais e consumidores cidadãos do município de Rio Pomba, MG, e adjacências. Através de uma breve observação das atividades de extensão prestada pelas instituições públicas no Brasil, podemos notar como esta Rede visa atender a necessidade de se implantar projetos que fortaleçam a geração de autonomia nos processos produtivos, em convergência com a construção de cadeias associativas de comercialização e formas alternativas de certificação de qualidade e procedência; para que possamos incentivar e difundir ferramentas e princípios presentes na Economia Solidária, assim como em toda amplitude prática, científica e de mobilização da Agroecologia. Logo, a Rede Mãos à Horta de Prossumidores conseguiu abordar de forma dinâmica tais princípios, graças às ferramentas que articulam o escoamento dos produtos; estes, oferecidos a um novo consumidor, que se faz presente na transição tecnológica das propriedades, tornando-se um ser ativo na qualificação e valorização dos produtos e na mão de obra no campo.




##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
FERREIRA, Heder Schuab et al. Rede Mãos à Horta: movimentação e fortalecimento da agricultura familiar em transição agroecológica. Cadernos de Agroecologia, [S.l.], v. 12, n. 1, july 2017. ISSN 2236-7934. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/cad/article/view/22321>. Acesso em: 19 feb. 2018.
Seção
Artigos