Agroecologia e Educação do Campo: a experiência da Escola do Campo Florestan Fernandes no Assentamento Santana – Monsenhor Tabosa /CE

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Ivanete Ferreira Fernandes Ivana Leila Carvalho Fernandes Celecina de Maria Veras Sales Maria Euzimar Pereira dos Santos

Resumo




A articulação entre educação do campo e agroecologia foi o foco deste estudo, que teve como principal objetivo analisar as contribuições da Escola do Campo de Ensino Médio Florestan Fernandes no processo de transição agroecológica do Assentamento Santana, situado no município de Monsenhor Tabosa, no Ceará. Tomou-se como ponto de partida o Projeto Político Pedagógico e o campo experimental da Escola do Campo Florestan Fernandes. Utilizou-se de observação participante a partir de uma análise qualitativa, bem como de entrevistas semiestruturadas, diário de campo e registro de imagens. Percebeu-se que há uma íntima relação entre a proposta de Educação do Campo e a Agroecologia presentes no currículo da Escola. Assim, a investigação possibilitou visualizar diversas ações da escola e práticas sociais das famílias assentadas que caminham para um processo de transição compreendido como dinâmico e complexo.




##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
FERNANDES, Ivanete Ferreira et al. Agroecologia e Educação do Campo: a experiência da Escola do Campo Florestan Fernandes no Assentamento Santana – Monsenhor Tabosa /CE. Cadernos de Agroecologia, [S.l.], v. 12, n. 1, july 2017. ISSN 2236-7934. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/cad/article/view/22316>. Acesso em: 21 feb. 2018.
Seção
Artigos