Diálogos entre educação-pesquisa-extensão: contraponto ao processo convencional de transferência de tecnologia no Território do Alto Sertão Sergipano

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Tereza Cristina de Oliveira Edson Diogo Tavares Francisco Roberto Caporal Fernando Fleury Curado Angel Calle Collado

Resumo




Esse trabalho apresenta diálogos entre educação-pesquisa-extensão com famílias agricultoras beneficiadas pelo Plano Brasil Sem Miséria (PBSM), em Sergipe. As ações foram iniciadas em 2011, com a parceria da Empresa Pública de Desenvolvimento e Extensão Rural, sendo formado um Comitê Gestor Interinstitucional e Grupos de Interesse (GI), constituídos por famílias agricultoras, técnicos e extensionistas em seis municípios do Território Alto Sertão Sergipano. Utilizaram-se ferramentas participativas para criar ambientes coletivos de experimentação, denominados de Unidades de Aprendizagem (UA). Nos espaços coletivos foram adotados os princípios da Educação Agroecológica, o que permitiu que as inovações propostas fossem experimentadas e validadas a partir das experiências e potencialidades locais. Verificou-se que a criação de espaço de diálogo promoveu a integração dos conhecimentos, valorizando o diálogo de saberes, na construção de um novo conhecimento.




##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
DE OLIVEIRA, Tereza Cristina et al. Diálogos entre educação-pesquisa-extensão: contraponto ao processo convencional de transferência de tecnologia no Território do Alto Sertão Sergipano. Cadernos de Agroecologia, [S.l.], v. 12, n. 1, july 2017. ISSN 2236-7934. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/cad/article/view/22312>. Acesso em: 19 feb. 2018.
Seção
Artigos