Geografia e educação ambiental: práticas agroecológicas em escola itinerante do MST em Jacarezinho/PR

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Carlos Eduardo Barros Aline Landim Moreira Maria Cristina Perusi

Resumo




A ciência geográfica apresenta nítida interface com a agroecologia. Em comum, ocupam-se em predizer os rumos da complexa relação sociedade e natureza, caracterizada pela pressão exacerbada sobre os recursos naturais. A partir dessa premissa, a educação ambiental assume papel preponderante tanto nos debates acadêmicos quanto escolar. Objetiva-se com esse artigo apresentar as principais práticas realizadas na Escola Itinerante Valmir Motta de Oliveira, Jacarezinho/PR em parceria com a UNESP/Ourinhos, durante o período de 2014 a 2016. Para tanto, propôs-se revigorar a horta escolar; plantio de hortaliças em pneus, com vistas na reciclagem e embelezamento do ambiente; elaboração de materiais didáticos, entre outras ações. Conclui-se que as abordagens desses temas, consegue traçar um caminho de esperança na construção de um mundo mais justo, que proporcione condições mais dignas de vida, acesso à alimentos saudáveis e à conservação dos recursos naturais.




##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
BARROS, Carlos Eduardo; MOREIRA, Aline Landim; PERUSI, Maria Cristina. Geografia e educação ambiental: práticas agroecológicas em escola itinerante do MST em Jacarezinho/PR. Cadernos de Agroecologia, [S.l.], v. 12, n. 1, july 2017. ISSN 2236-7934. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/cad/article/view/22308>. Acesso em: 22 may 2018.
Seção
Artigos