Da extensão à emancipação: um recorte a partir da prática de jovens camponeses na Paraíba

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Luana Patrícia Costa Silva Alexandre Eduardo de Araújo Albertina Ribeiro Brito de Araújo Severino Bezerra da Silva Luana Fernandes Melo

Resumo




O objetivo deste ensaio é apontar algumas veredas que foram construídas a partir do Residência Agrária-PB à medida que esboçamos algumas experiências, construções e desafios que constituíram este espaço. Por meio da abordagem participante, dialogaremos como curso “Juventude Rural: fortalecendo a inclusão produtiva na Zona da Mata e Brejo paraibano”, sujeitos e territórios. Assim apresentaremos duas experiências: uma no trabalho com horta envolvendo crianças e jovens e outra a partir da lógica da convivência com o semiárido. Percebemos nas ações desenvolvidas um motor de mobilização, que se desdobram em processos de transformação e na consolidação de práticas autônomas, essas que propiciam o entendimento do território camponês e constroem um diálogo de saberes na lógica da convivência com o semiárido e com a agroecologia. Assim, o curso e seus espaços interagem dilatando-se para os cotidianos, através das práticas, promovendo transformações significativas nos territórios locais.




##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
SILVA, Luana Patrícia Costa et al. Da extensão à emancipação: um recorte a partir da prática de jovens camponeses na Paraíba. Cadernos de Agroecologia, [S.l.], v. 12, n. 1, july 2017. ISSN 2236-7934. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/cad/article/view/22301>. Acesso em: 20 july 2018.
Seção
Artigos