A Formação e Seguimento do Grupo Agroecológico Girassol do Assentamento Madre Cristina, Ariquemes, Rondônia

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Andreia Dias Diniz Ana Carolina Vitorio Arantes Kárita Cristina Ferreira de Almeida

Resumo

O presente relato de experiência evidencia o processo de formação e organização do Grupo Agroecológico Girassol, do Assentamento Madre Cristina, procurando divulgar as atividades desenvolvidas pelo grupo, como forma de disseminação da agroecologia entre os pequenos agricultores. As informações foram obtidas através de conversa informal com integrantes do grupo e com uma das autoras deste relato. A criação e prática do grupo de produção agroecológica Girassol permitiu a melhoria do meio ambiente, da alimentação e a independência financeira das famílias. A união dessas famílias deu mais credibilidade e força para o alcance dos objetivos coletivos. Dessa forma, os agricultores recomendam a prática e uso de técnicas agroecológicas, especialmente através das diversas maneiras de união de agricultores.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
DINIZ, Andreia Dias; ARANTES, Ana Carolina Vitorio; DE ALMEIDA, Kárita Cristina Ferreira. A Formação e Seguimento do Grupo Agroecológico Girassol do Assentamento Madre Cristina, Ariquemes, Rondônia. Cadernos de Agroecologia, [S.l.], v. 11, n. 2, dec. 2016. ISSN 2236-7934. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/cad/article/view/21906>. Acesso em: 04 dec. 2020.
Palavras-chave
alimentação saudável; coletividade; meio ambiente
Seção
Agroecol 2016 - Desenvolvimento Rural e Urbano em Bases Agroecológicas

Referências

ALTIERI, M. Agroecologia: bases científicas para uma agricultura sustentável. São Paulo, Rio de Janeiro: Expressão Popular, AS-PTA, 2012. 400p.