Levantamento Participativo da Produção de Hortaliças no Assentamento 72, município de Ladário-MS, colhidas e vendidas pelo Grupo Bem Estar no ano de 2015.

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Alberto Feiden Leandro Henrique Jung Márcio da Silva Edgar Aparecido da Costa

Resumo

O presente trabalho teve o objetivo de fazer um levantamento participativo da produção de um grupo de agricultores em transição agroecológica a fim de subsidiá-los para o acesso a compras governamentais e institucionais. Foi utilizada uma adaptação do Calendário Sazonal, utilizado no Diagnóstico Rápido Participativo Agroecossistemas – DRPA com a finalidade de obter as vendas mensais dos agricultores e os recebidos pelos produtos. Os resultados mostraram que o grupo de agricultores produz e vende em torno de 33 produtos porém apenas quatro (laticínios, mandioca, alface e abobora) representam 61% do valor da produção anual. A renda bruta mensal média por família é de R$ 1.484,00, representando cerca de 1,68 salários mínimos, sem contar o autoconsumo.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
FEIDEN, Alberto et al. Levantamento Participativo da Produção de Hortaliças no Assentamento 72, município de Ladário-MS, colhidas e vendidas pelo Grupo Bem Estar no ano de 2015.. Cadernos de Agroecologia, [S.l.], v. 11, n. 2, jan. 2017. ISSN 2236-7934. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/cad/article/view/21696>. Acesso em: 05 dec. 2020.
Palavras-chave
Pesquisa Participativa, Agroecologia, Produção Orgânica, Agricultura Familiar.
Seção
Agroecol 2016 - Desenvolvimento Rural e Urbano em Bases Agroecológicas

Referências

CAMPOLIN, A.I: FEIDEN, A. (2011), Metodologias Participativas em Agroecologia; Documentos 115 , Embrapa Pantanal Corumbá, MS.

CAMPOLIN, A. I.; FEIDEN, A.; LISITA, F. O.; COSTA, M. dos S. Caracterização do sistema de olericultura para transição agroecológica: potencial para geração de renda e segurança alimentar em assentamentos da reforma agrária no Pantanal. Cadernos de Agroecologia, ABA-Agroecologia, Porto Alegra, Vol 5 N.1, 2010. Não Paginado.

CARDOSO, E.L.; OLIVEIRA, H., PELLEGRIN, L.A.; SPERA, S.T.; SPERA, M.R.N. Solos do Assentamento 72, Ladário – MS: caracterização e potencial agrícola. Corumbá: Embrapa Pantanal, 2002. 33 p.il. (Embrapa Pantanal. Documentos, 34).

COSTA, E.A. et al (2012). Principiar do desenvolvimento territorial no assentamento rural 72,em Ladário-MS, Brasil. In: Saquet, M. A. et al. Geografia da e para a cooperação ao desenvolvimento territorial: experiências brasileiras e italianas. São Paulo: Editora Outras Expressões, p.25-145.

FEIDEN, Alberto; ALMEIDA, CONCEIÇÃO, Cristiano Almeida; CONCEIÇÃO, Valdinei da; SILVA, Ana Maria dos Santos; BORSATO, Aurélio, Vinicius, Levantamento Participativo do Potencial de Produção de Hortaliças: Uma Ferramenta para Apoiar o Acesso a Políticas Públicas, 12ª FEIRA DE SEMENTES CRIOULAS E NATIVAS E DE PRODUTOS AGROECOLÓGICOS E 5º SEMINÁRIO SOBRE USO E CONSERVAÇÃO DO CERRADO DO SUL DO MATO GROSSO DO SUL, 15 a 17 de julho de 2016, EM JUTI, MS, Anais…, Dourados, UFGD, np (CD-Rom).

SILVA, J. dos S. V. (Org.). Zoneamento da Borda Oeste do Pantanal: Maciço do Urucum e adjacências. Brasília: Embrapa Comunicação e Transferência de Tecnologia, 2000. 211 p. il.