AVALIAÇÃO DAS CARACTERÍSTICAS FÍSICA-QUÍMICA DOS FRUTOS DE DUAS VARIEDADES DE MIRTILO EM SISTEMA AGROECOLÓGICO PARA SOLOS COM DIFERENTES pH

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Henrique Eger Eduardo Silva Collar Marcelo Pezenti Leonardo de Oliveira Neves Claudio Keske

Resumo

O objetivo deste trabalho foi avaliar a qualidade dos frutos de duas cultivares de Mirtilo, em solos com diferentes pH, na região do Alto Vale do Itajaí, SC. O experimento foi realizado durante a safra, 2014/2015. Foram avaliados os frutos de 48 mudas de Mirtilo, sendo 24 da variedade Climax e 24 Bluegem. Após colhidos, estes foram levados ao Laboratório de Melhoramento Genético, do Instituto Federal Catarinense - Câmpus Rio do Sul. Onde foram avaliados: massa fresca por fruto (g); diâmetro longitudinal dos frutos (mm), teor de sólidos solúveis totais (°Brix) e acidez. Não há diferenças entre as cultivares, quanto aos teores de sólidos solúveis totais e massa de matéria fresca. Na região do Alto Vale do Itajaí, pode-se recomendar o cultivo das cultivares de Mirtilo Climax e Bluegem sem a necessidade de calagem.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
EGER, Henrique et al. AVALIAÇÃO DAS CARACTERÍSTICAS FÍSICA-QUÍMICA DOS FRUTOS DE DUAS VARIEDADES DE MIRTILO EM SISTEMA AGROECOLÓGICO PARA SOLOS COM DIFERENTES pH. Cadernos de Agroecologia, [S.l.], v. 11, n. 2, jan. 2017. ISSN 2236-7934. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/cad/article/view/21652>. Acesso em: 03 dec. 2020.
Palavras-chave
Blueberry, Agroecologia, Fruticultura, Arándano
Seção
Agroecol 2016 - Outros Temas

Referências

CANTUARIAS-AVILÉS, T. Cultivo do mirtileiro (Vaccinium sp.). Piracicaba: ESALQ, 2010. 38 p. (Série Produtor Rural, 48).

CHILDERS, N.F.; LYRENE, P.M. Blueberries for growers, gardeners, promoters. Florida: E. O. Painter Printing Company, 2006. 266p

EMBRAPA, O Cultivo do Mirtilo, Pelotas 2002 Disponível em: < http://www.cpact.embrapa.br/publicacoes/documentos/documento-96.pdf> acesso em 18/06/2016.

EMBRAPA, Mirtilo ganha espaço em SC- fruta terá uma produção de 45 toneladas, pelotas 2013, Disponível em: < http://wp.clicrbs.com.br/diariodooeste/2010/12/22/mirtilo ganha-espaco-em-sc-fruta-tera-uma-producao-de-45 toneladas/?topo=77,2,18&status=encerrado> Acesso em 20/01/2016.

MADAIL, J.C.M.; SANTOS, A.M. Aspectos econômicos. A cultura do mirtilo. Pelotas: Embrapa Clima temperado, 2004. p.63-68. (Documentos, 121).

PORTAL DO PARAISO, O MIRTILO OU BLUEBERRY OU ARÁNDANO, 22 de fevereiro de 2014. Disponível em: http://portaldoparaisodomirtilo.blogspot.com.br/2013_02_01_archive.html Acessado em: 19/08/2016.

SHARPE, R.H. Consultants Report. Pelotas: IICA / EMBRAPA – UEPAE de Cascata, 1980. 11p.

WALLER, P.L.; WILSON, F.N. Evaluation of growing media for consumer use. Acta Horticrae, Wagening, n.150, p.51-58, 1984.

WETWOOD, M.N. Fruticultura de Zonas Temperadas. Madrid: Mundi-prensa 1982. 461p.

WILLIAMSON, J.; KREWER, G.; PAVLIS, G.; MAINLAND, C.M. Blueberry soil management, nutrition and irrigation. In: CHILDERS, N.F.; LYRENE, P.M. Blueberries for growers, gardeners, promoters. Florida: E.O.Painter Printing Company, 2006. p. ultu60-74