Germinação de sementes de Maclura tinctoria em tubetes de jornal e substrato orgânico

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Adailton Moraes Nascimento http://orcid.org/0000-0002-4368-0742 Eny Duboc Etenaldo Felipe Santiago Ivo de Sá Motta Lais Venturin Rafael Martini

Resumo

O desenvolvimento sustentável que a sociedade almeja está baseado nos fatores econômico, social e ambiental. Uma crise ambiental tem como componentes os fatores: recursos naturais (de caráter finito), população e poluição. O estudo de embalagens alternativas voltadas à produção de mudas ainda é pouco representativo, mas certamente é algo que pode favorecer o meio ambiente e otimizar a utilização dos recursos. Os objetivos específicos, nesta etapa do trabalho foram; avaliar os efeitos do uso de tubetes de jornal sobre a germinação de Maclura tinctoria (taiúva); avaliar o uso de diferentes substratos orgânicos para a produção de mudas, e os seus efeitos sobre a germinação da taiúva. Para tanto, foram montados quatro experimentos: teste da viabilidade da utilização de tubetes de jornal para produção de mudas de taiúva; teste com diferentes substratos orgânicos para produção das mudas; e dois testes para avaliar a possível toxidade do jornal sobre a germinação. Os resultados demonstraram que o percentual de germinação e o índice de velocidade de germinação da taiúva não foram afetados pela embebição ou pelo molhamento das sementes com diferentes concentrações da solução filtrada de jornal liquidificado, em câmara de germinação (B.O.D.), ou pelos diferentes substratos orgânicos em tubetes de jornal em casa de vegetação. Deste modo, os tubetes confeccionados com jornal são de rápida produção, e uma boa alternativa para gerar economia na produção de mudas, especialmente para pequenos viveiristas e para agricultores familiares.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
NASCIMENTO, Adailton Moraes et al. Germinação de sementes de Maclura tinctoria em tubetes de jornal e substrato orgânico. Cadernos de Agroecologia, [S.l.], v. 11, n. 2, dec. 2016. ISSN 2236-7934. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/cad/article/view/21593>. Acesso em: 04 dec. 2020.
Palavras-chave
resíduos de poda; reciclagem; produção de mudas; taiúva.
Seção
Agroecol 2016 - Uso e Conservação dos Recursos Naturais

Referências

BETTIOL, W.; CAMARGO, O. A. Impacto ambiental do uso agrícola do lodo de esgoto. Embrapa Meio Ambiente: Jaguariúna, SP. 2000. 312p.

CARVALHO, L. R.; SILVA, E. A. A; DAVIDE, A. C. Classificação de sementes florestais quanto ao comportamento no armazenamento. Revista Brasileira de Sementes, Pelotas, v. 28, n. 2, p.15-25, 2006.

HENRIQUE, C. M. Caracterização de filmes de féculas modificadas de mandioca como subsídio para aplicação em pós-colheita de hortícolas. 2002, 142f. Tese (Doutorado). Universidade Estadual Paulista, Botucatu.

MAGUIRE, J. D. Speed of germination- aid in selection and evaluation for seedling emergence and vigor. Crop Science, Madison, v. 2, n. 1, jan./feb. 1962. 176-177p.

PAINEL florestal. Disponível em: https://www.youtube.com/watch?v=BOGe2A4Ai4Q. Acessado em: 16/06/2016.

SATTORIVA, P. R. da S. Análise do ciclo de vida dos resíduos recicláveis e perigosos de origem domiciliar. REDES, Santa Cruz do Sul. n. 3, v. 16, p. 62 – 79, 2011.

SOUSA, J. A. de; LEDO, F. J. da; SILVA, M. R. da. Produção de mudas de hortaliças em recipientes. Rio Branco: EMBRAPA Centro de pesquisas agroflorestais do Acre. 11p. 1997. (Embrapa CPAF/AC, Circular técnica, 19).