Efeito da Borra de Café na formação de mudas de pepino (Cucumis sativus L.)

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Romário Vargas Vargas Garcia Ariane Cardoso Costa Samayana Inacio Delprete Mirian Gomes Silva Wallace Luís de Lima

Resumo

Uma das potencialidades da borra de café está no uso na agricultura como fertilizante ou componente de substratos para produção de mudas, por se tratar de material rico em matéria orgânica e em macro e micronutrientes quando bem manejado. As cucurbitáceas contribuem com aproximadamente 25% das hortaliças comercializadas no Brasil, e entre estes o pepino possui grande importância. O presente trabalho objetivou analisar o efeito da borra de café na formação de mudas de pepino. O efeito da borra de café sobre a produção de mudas de pepino foi testado através dos tratamentos, T0 (solo puro testemunha), T1 (1/2 de solo + 1/2 Bioplant®), T2 (1/2 de solo + 1/2 de borra de café), T3 (1/2 de borra de café + 1/2 de Bioplant®) e T4 (1/3 de borra de café + 1/3 Bioplant® + 1/3 solo). Os tratamentos com borra de café não apresentaram diferença estatística para nenhum parâmetro estudado sempre ficado entre os piores, demonstrando que a borra de café não compostada age de forma negativa no desenvolvimento das mudas de pepino. A borra de café não deve ser usada diretamente como fertilizante orgânico para produção de mudas de pepino.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
VARGAS GARCIA, Romário Vargas et al. Efeito da Borra de Café na formação de mudas de pepino (Cucumis sativus L.). Cadernos de Agroecologia, [S.l.], v. 11, n. 2, dec. 2016. ISSN 2236-7934. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/cad/article/view/21565>. Acesso em: 30 nov. 2020.
Seção
Agroecol 2016 - Desenvolvimento Rural e Urbano em Bases Agroecológicas

Referências

BLANK, A.F; BLANK, M.F.A; SILVA, P.A; TORRES, M. E. R & MENEZES, H.J.A (2003) Efeitos de composições de substratos na produção de mudas de quiôiô (Ocimumgratissimum L.) Revista Ciência Agronômica, 34:5-8.

CAÑIZARES, K. A; COSTA, P. C; GOTO, R. & VIEIRA, A. R. M. Desenvolvimento de mudas de pepino em diferentes substratos com e sem uso de solução nutritiva. Horticultura Brasileira, Brasília, v.20, n.2, p.227-229, jun. 2002.

CLAUDE, B. Étude bibliographique: utilisation des sous-produits du café. Café Cacao Thé, Paris, 23(2):146-152, avril-juin 1979.

DANTAS, A M. Materiais orgânicos e produção de alface americana. 2010. 38f.
Monografia (Graduação) – Universidade de Brasília/Faculdade de Agronomia e
Medicina Veterinária. Brasília, 2011.

FAN, L., SOCCOL, C. Coffee Residues. Mushroom Grower´s Handbook, 2, p. 2-94,
2005.

FERNANDES, C; CORÁ, J. E & BRAS, L. T. Alterações nas propriedades físicas de substratos para cultivo de tomate cereja, em função de sua reutilização. Horticultura Brasileira, 24:94-98.

RODRIGUES, F. L.; CAVINATTO, V. M. Lixo: De onde vem? Para onde vai? 2. ed.
São Paulo: Moderna, 2003.

TANGO, J S. Utilização industrial do café e dos seus subprodutos. Boletim do Instituto de Tecnologia de Alimentos-ITAL, Campinas, (28):49-73, dez. 1971.

XIMENES, M. A. A tecnologia Pós-Colheita e Qualidade Física Organoléptica do
Café Arábica de Timor. 2010. 121f. Dissertação (Mestrado) - Instituto Superior de
Agronomia, Universidade Técnica de Lisboa, Lisboa, 121p. 2010.

WANGEN, D. R. B; et al. Borra de café na produção de mudas de Laface, Lactuca sativa l. Enciclopédia Biosfera, Centro Científico Conhecer – Goiânia, v.11 n.22; p.518. 2015.

WEHNER, T.C.; MAYNARD, D.N. 2003 Cucumbers, melons, and other cucurbits. Volume 1. Encyclopedia of food and culture. New York, USA. 474-479.