Mulheres do Cerrado Pantaneiro

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Jane Cléia Klein Silveira da Silveira Vera Lucia de Oliveira Golze

Resumo

O Projeto de Assentamento São Manoel foi criado em 1992, zona rural em Anastácio – MS. Desde sua criação a EMPAER começa a acompanhar as 148 famílias ali assentadas. O trabalho com beneficiamento de cumbaru no PA São Manoel começou em 2006, com o apoio de um projeto de pesquisa da AGRAER financiado pelo CNPQ. Um grupo de 11 mulheres, juntamente com suas famílias, fizeram várias oficinas para a capacitação, viagem de intercâmbio a um grupo que trabalha com castanha do cerrado em Poconé - MT. Dentro do projeto foi construída uma unidade de beneficiamento de cumbaru (Dipteryx alata) (despolpamento e extração da amêndoa) na agrovila do assentamento. Em 2011 a pesquisa foi encerrada e a unidade de beneficiamento e todos os equipamentos foram cedidos para o Grupo. O grupo então começou a fazer todos os trabalhos. Em fevereiro 2012 o grupo começou a participar da feira da agricultura familiar e economia solidária do município de Anastácio. Com a participação nas feiras, o grupo começou a diversificar os produtos trabalhados. Atualmente, além da castanha torrada, pães, bolos, bombons e doces com a castanha do Cumbaru, outros espécimes nativos, como o pequi (Caryocar brasiliense), o jatobá (Hymenaea courbaril), bocaiuva (Acrocomia aculeata) e de produção local, como mandioca e milho começaram a ser processados. Atualmente o grupo está desafiado, através da demanda feita através da Prefeitura Municipal de Anastácio para fornecimento às escolar municipais através do PNAE, a entregar 19.500 pães de 70 g de baru até o final de dezembro 2016.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
SILVEIRA, Jane Cléia Klein Silveira da; GOLZE, Vera Lucia de Oliveira. Mulheres do Cerrado Pantaneiro. Cadernos de Agroecologia, [S.l.], v. 11, n. 2, dec. 2016. ISSN 2236-7934. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/cad/article/view/21549>. Acesso em: 30 nov. 2020.
Palavras-chave
cumbaru, pequi, jatobá, organização de mulheres, extensão rural, frutos do cerrado
Seção
Agroecol 2016 - Desenvolvimento Rural e Urbano em Bases Agroecológicas