Agricultoras e agricultores experimentadores – lotes demonstrativos para massificação da Agroecologia no Extremo Sul da Bahia

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Mario Sergio Santana Cruz Aline Carvalho Ana Paula Capello Rezende Danielly Crespi Renato Farac Galata Flavio Xavier da Silva João Dagoberto dos Santos Paulo Rogério Lopes

Resumo

A utilização da experimentação como ferramenta para construção do conhecimento agroecológico considera a necessidade dos agricultores de ver para crer. Este trabalho apresenta a estratégia dos lotes demonstrativos em desenvolvimento com agricultores experimentadores enquanto ferramenta e método viável para construção da transição agroecológica e massificação da Agroecologia em área de reforma agrária integrante do Projeto Assentamentos Agroecológicos. Para definição de temas e escolha de agricultores, foram realizados diagnósticos produtivos, cursos a partir das demandas identificadas, identificação de agricultores dispostos a colocar a agroecologia em prática e indicação de agricultores pela comunidade. As principais práticas utilizadas em cinco lotes demonstrativos são: redução do uso de insumos químicos, substituição de insumos, adubação verde, quebra-vento, cobertura de solo, pousio, piqueteamento de pasto de galinha caipira, diversificação da alimentação de galinha caipira. A estratégia de massificação da Agroecologia por meio dos lotes demonstrativos tem se demonstrado importante para a construção do conhecimento agroecológico, valorização do saber local e protagonismo dos agricultores e agricultoras.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
SANTANA CRUZ, Mario Sergio et al. Agricultoras e agricultores experimentadores – lotes demonstrativos para massificação da Agroecologia no Extremo Sul da Bahia. Cadernos de Agroecologia, [S.l.], v. 11, n. 2, jan. 2017. ISSN 2236-7934. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/cad/article/view/21547>. Acesso em: 01 dec. 2020.
Palavras-chave
transição agroecológica, assentamentos rurais, diagnóstico, planejamento participativo.
Seção
Agroecol 2016 - Construção de Conhecimentos Agroecológicos

Referências

CAPORAL, F.R.; COSTABEBER, J.A. Agroecologia e Extensão Rural: contribuições para a promoção do desenvolvimento rural sustentável. MDA/SAF/DATER. Brasília/DF. 2007. 166p.
FREIRE, A. G.; FALCÃO, F. C. O. Agricultoras e Agricultores Experimentadores: protagonistas da convivência com o semiárido. Revista Agriculturas, v.10, n.3, setembro, 2013. p. 35 - 42.
SOSA, B. M.; JAIME, A. M. R.; LOZANO, D. R. A.; ROSSET, P. M. Revolución agroecológica: el Movimiento de Campesino a Campesino de la ANAP en Cuba © 2010, Asociación Nacional de Agricultores Pequeños y La Vía Campesina. Primeira edição em língua portuguesa: Brasil, 2011.
JALFIM, F.; SIDERSKY, P.; RUFINO, E.; SANTIAGO, F.; BLACKBURN, R. Geração do conhecimento agroecológico a partir da interação entre atores: a experiência do Projeto Dom Helder Câmara. Revista Agriculturas, v.10, n.3, setembro, 2013. p. 26 – 34.