Análise Nutricional de Hortaliças Produzidas em Propriedade em Transição Agroecológica no Assentamento 72, Ladário-MS

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Maxwell da Rosa Oliveira Aurélio Vinicius Borsato

Resumo

Nos últimos anos a agricultura familiar vem crescendo no Estado de Mato Grosso do Sul atendendo, em 2015, 35% da demanda estadual. Nesse contexto, o Assentamento 72 localizado no município de Ladário-MS compreende poucas famílias que trabalham com a produção de hortaliças. O objetivo do trabalho foi realizar a avaliação nutricional da produção de hortaliças em propriedade em transição agroecológica do Assentamento 72. Foram analisadas todas as espécies de hortaliças cultivadas em sistema consórcio nesta propriedade rural. Para cada espécie foram utilizadas partes diferentes, as quais foram submetidas às análises de biomassa, de nutrientes pelo método de Weend e de Kjeldahl para proteínas. Alguns dos nutrientes apresentaram valores acima dos encontrados na literatura, além de mostrar uma influência do cultivo em consórcio nos teores de nutrientes.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
OLIVEIRA, Maxwell da Rosa; BORSATO, Aurélio Vinicius. Análise Nutricional de Hortaliças Produzidas em Propriedade em Transição Agroecológica no Assentamento 72, Ladário-MS. Cadernos de Agroecologia, [S.l.], v. 11, n. 2, jan. 2017. ISSN 2236-7934. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/cad/article/view/21516>. Acesso em: 03 dec. 2020.
Palavras-chave
Horticultura, produção orgânica, macro e micronutrientes
Seção
Agroecol 2016 - Uso e Conservação dos Recursos Naturais

Referências

COMETTI, N. N. Nutrição mineral da alface (Laculta sativa L.) em cultura hidropônica – Sistema NFT. 2003. 106p. (doutorado em agronomia). Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica,RJ, 2003.

CONCEIÇÃO, C. A. da; FEIDEN, A.; BORSATO, A. V.; COSTA, E. A. da. Transição agroecológica na produção de hortícolas como desenvolvimento rural sustentável no Assentamento 72 de Ladário-MS, Cadernos de agroecologia, v. 8, n. 2, p.5, 14851, 2013. Disponível em: . Acesso em: 01 jul. 2015.

EPSTEIN, E.; BLOOM, A. J.. Nutrição mineral de plantas: Princípios e perspectivas. Tradução: Maria Edna Tenório Nunes. Editora Planta, Londrina, 2ªed., 2006.

FURLANI, A. M. C.; FUKLANI, P. R.; BATAGLIA, O. C.; HIKOCE, R.; GALLO, J. R. Composição mineral de diversas hortaliças. Revista Cientifica do Instituto Agronômico do Estado de São Paulo. Campinas. v. 37, n. 5, 12 p., 1978.

GARCIA, L.L.C.; HAAG, H.P.; MINAMI, K.; DECHEN, A.R. Nutrição mineral de hortaliças. XLIX. Concentração e acúmulo de macronutrientes em alface (Lactuca sativa L.) cv. Brasil 48 e Clause’s Aurélia. Anais da Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”. Piracicaba, v. 39, p. 455-484, 1982.

HAAG, H. P.; MINAMI, K.. Nutrição mineral de hortaliças. LXXXVI concentração de nutrientes de alface (Lactuca sativa) c.v. grand rapids, de semeadura direta e para corte. Esalq, Piracicaba, 45 (parte 2), pag. 65-612, 1988.

HORWITZ, W. Official methods of analysis of AOAC International. 17th ed. Gaithersburg, MD: AOAC International, v.2, 2000.

SALMAN, A. K. D.; FERREIRA, A. C. D.; SOARES, J. P. G.; SOUZA, J. P. . Metodologia para avaliação de ruminantes. Porto Velho, RO: Embrapa Rondônia, (Documentos / Embrapa Rondônia, 0103-9865; 136), 21 p. 2010.

SANGALLI, A. R.; SCHLINDWEIN, M. M.. A contribuição da agricultura familiar para o desenvolvimento rural de Mato Grosso do Sul - Brasil. Revista REDES. Santa Cruz do Sul, v. 18, n. 3, p. 82 – 99, 2013.

SEBRAE.. Manual para orientar os estados na elaboração das propostas e projetos na disseminação da “tecnologia PAIS” em todo o território brasileiro. v.2, 2012. Disponível em: http://www.planetaorganico.com.br/arquivos/MANUAL_TR_ PAIS_2012_-_Vers%C3%A3o_2_0_-doc_Referencial_PROJETO_PAIS.pdf . Acessado em: jul.2015.

SEBRAE. - Serviço Brasileiro de Apoio as Micro e Pequenas Empresas. PAIS Produção Agroecologia Integrada e Sustentável. 2013. Disponível em: http://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/ufs/ms/sebraeaz/Projeto-PAIS-%E2%80%93-Produ%C3%A7%C3%A3o-Agroecol%C3%B3gica-Integrada-e-Sustent%C3%A1vel. Acessado em: Ago. 2015.

SENAR - Serviço Nacional de Aprendizagem Rural. Horticultura de MS atende 35% da demanda interna. 2015. Disponível em: http://senarms.org.br /horticultura-de-ms-atende-35-da-demanda-interna/. Acessado em: ago./2015.

SUDO, A. Viabilidade Agronômica de consórcios de olerícolas sob manejo orgânico. 1998. 132 p. (mestrado em agronomia). Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, 1998.

UNICAMP. NEPA - Núcleo de estudos e pesquisas em alimentação. Tabela brasileira de composição de alimentos. 4ª ed. revisada e ampliada. Campinas,SP, 161 p., 2011.