Óleo de Vochysia divergens Pohl e seu potencial como planta medicinal

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Ozeni Souza de Oliveira Rafael Eitel Nani Monike Suellen Oliveira Magalhaes Adrian Santos de Souza Geovanna Vilalva Freire

Resumo

O Cambará é encontrado em campos sazonais inundados e com alta luminosidade que favorecem a permanência de suas plântulas e produção de sementes que são dispersas pelo vento e não toleram o estresse hídrico. O objetivo deste artigo foi extrair o óleo de Vochysia divergens Pohl e verificar o seu potencial como produto medicinal. A extração do óleo essencial de Vochysia divergens Pohl foi realizado através do método de hidrodestilação em processo contínuo por 04 horas. Foi extraído das folhas previamente secas e trituradas da V. divergens e utilizados 100g em 1000 mL de água destilada, para obtenção do óleo essencial. As análises qualitativas foram realizadas empregando um sistema de cromatografia em fase gasosa acoplada à espectrometria de massa (CG-EM), utilizando o equipamento Shimadzu. A identificação química foi realizada através da comparação dos valores dos índices de retenção linear (IRL) com os índices de retenção da literatura. As análises de V. divergens apresentaram 76,34 % de 3-cis-hexenol, 18,42% de 4-metil-pentanol e 5,24% benzaldeído. Conclui-se que estudos fitoquímicos e avaliação da atividade biológica da espécie são essenciais para colaborar com os avanços e benefícios que o cambará oferece para comunidades que utilizam como planta medicinal em regiões conhecidas como cambarazais no estado do Mato Grosso.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
DE OLIVEIRA, Ozeni Souza et al. Óleo de Vochysia divergens Pohl e seu potencial como planta medicinal. Cadernos de Agroecologia, [S.l.], v. 11, n. 2, dec. 2016. ISSN 2236-7934. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/cad/article/view/21514>. Acesso em: 03 dec. 2020.
Palavras-chave
Benzaldeído; Cambará; Mato Grosso.
Seção
Agroecol 2016 - Uso e Conservação dos Recursos Naturais

Referências

ADAMS, R.P. Identification of Essential Oils by Ion Trap Mass Spectroscopy, Academic Press, San Diego, 1995.

ALI, B.; AI-WABEL, N.; SHAMS, S.; AHMAD, A.; KHAN, S. A.; ANWAR, F. Essential oils used in aromatherapy: A systemic review. Asian Pac. J. Trop. Biomed, v. 5, n. 8, p. 601–611, 2015.

ARIEIRA, J.; CUNHA, C. N. Fitossociologia de uma floresta inundável monodominante de Vochysia divergens Pohl (Vochysiaceae), no Pantanal Norte, MT, Brasil. Acta botânica brasílica. v. 20, n. 3, p. 569-580, 2006.

AMOROZO, M. C. M. Uso E Diversidade de Plantas Medicinais em Santo Antônio Do Leverger, MT, Brasil. Acta bot. bras. v.16, n. 2, p.189-203, 2002.

BADKE, M. R.; BUDÓ, M. L. D.; SILVA, F. M.; RESSEL, L. B. Plantas medicinais: o saber sustentado na prática do Cotidiano popular.Esc. Anna. Nery. (impr.), V. 15, N. 1, P. 132-139, 2011.

BAKKALI, F.; S. AVERBECK, S.; AVERBECK, D.; M. IDAOMAR, M. Biological effects of essential oils – A review. Food and Chemical Toxicology, v. 46, p. 446–475, 2008.

BORTOLANZA, L.B. Atividade antinociceptiva do triterpeno ácido tormêntico isolado de cascas da Vochysia divergens (Vochysiacea) em modelos de nocicepção aguda e crônica, em camundongos, Florianópolis. 2002. 78 f. Dissertação de mestrado (Mestrado em Farmacologia) – Universidade Federal de Santa Catarina, Santa Catarina. 2002.

JESUS, N. Z. T.; LIMA, J. C. S.; SILVA, R. M. S.; ESPINOSA, M. M.; MARTINS, T. O. Levantamento etnobotânico de plantas popularmente utilizadas como antiúlceras e antiinflamatórias pela comunidade de Pirizal, Nossa Senhora do Livramento-MT, Brasil. Revista Brasileira de Farmacognosia, v.19, n. 1 A, p.130-139, 2009.

GUARIN, V. L.M. S. A Educação e a Sustentabilidade Ambiental em Comunidades Ribeirinhas de Mato Grosso, Brasil. Boletin Museu Paraense Emílio Goeldi, sér. Ciências Humanas, Belém, v. 1, n. 1, p. 7-44, 2005.

GUARIN-NETO, G.; MORAIS, R. G. Recursos medicinais de espécies do cerrado de mato grosso: um estudo bibliográfico, Acta bot. bras. v. 17, n. 4, p. 561-584, 2003.

HESS, S. C.; BRUM, R. L.; HONDA, N. K.; CRUZ, A. B.; MORETTO, E.; CRUZ, R. B.; MESSANA, I.; FERRARI, F.; FILHO, V. C.; YUNES, R. Antibacterial activity and phytochemical analysis of Vochysia divergens (Vochysiaceae), Journal of Ethnopharmacology, v. 47, p. 97-100, 1995.

LI, K.; YANG, W.; LI, Z.; JIA, W.; ZHANG, P.; XIAO, T. Bitter apricot essential oil induces apoptosis of human HaCaT keratinocytes. International Immunopharmacology, v. 34, p. 189-198, 2016.

GUARIN-NETO, G. O saber tradicional pantaneiro: as plantas medicinais e a educação ambiental. Rev. eletrônica Mestr. Educ. Ambient. v.17, P. 71-89, 2006.

MAYWORM, M.A.S.; BUCKERIDGE, M.; MARQUEZ, U.M.L.; SALATINO, A. Nutritional reserves of Vochysiaceae seeds: chemical diversity and potential economic uses. Anais da Academia Brasileira de Ciências, v. 83, n. 2, p. 523-531, 2011.

MORAIS, F. F.; SILVA, C. J. Etnoecologia de Plantas Nativas na Comunidade de Estirão Comprido, Pantanal Matogrossense – Brasil. Revista de Ciências Agro-Ambientais, Alta Floresta, v.9, n.1, p.13- 30, 2011.

NIKAIDO, Y.; MIYATA, S.; NAKASHIMA, T. Mixture of cis-3-hexenol and trans-2-hexenal attenuates behavioral and stress responses induced by 2,5-dihydro-2,4,5-trimethylthiazoline and electric footshock stress in rats. Physiology an Behavior, v. 103, p. 547–556, 2011.

TRESVENZOL, L.M.F.; FIUZA, T.S.; PIMENTA, F.C.; ZATTA, D.T.; BARA, M.T.F.; FERRI, P.H.; LIMA, A.B.M.; PAULA, J.R. Composição Química do Óleo Essencial e Atividade Antimicrobiana da Memora nodosa (Bignoniaceae). Lat. Am. J. Pharm, v. 28, n. 4, p. 513-519, 2009.

ZUCARO, Y.; COMPAGNONEA, R.; HESS, S.; MONACHE, F. 6β-Hydroxymaslinic Acid, a Triterpene from Vochysia ferrugínea, J. Braz. Chem. Soc., v. 11, n. 3, p. 241-244, 2000.