Relato de Experiência no Sítio Arruda, São Miguel do Iguaçu - PR

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Mariluci Pinto Costa Mariana Servignini Pegoraro Rodrigo Moraes Jesus José Daniel de Freitas Filho Zefa Valdivina Pereira

Resumo

A visita ao Sitio Arruda foi realizada em Abril de 2014, pelos estudantes do curso de Gestão Ambiental da Universidade Federal da Grande Dourados, como complemento a disciplina de projetos integrados. Localizado no município de São Miguel do Iguaçu no Paraná, o Sitio do senhor Arruda, foi um dos locais alcançados pelo Programa Cultivando Água Boa da ITAIPU-Binacional, que motivou e apoiou agricultores como seu Arruda a deixar de efetivar a produção de monocultura pela produção orgânica. O projeto não só auxiliou os agricultores, através da melhora na renda e em sua qualidade de vida, como proporcionou benefícios ao meio ambiente. Em trilha interpretativa foram observados vários indicadores ambientais na propriedade, mostrando sua relevância em relação a gestão da área e a conservação da biodiversidade, com diversificação de produção e comercialização. Conhecimentos foram construídos, mostrando a importância do ensino, da extensão e da pesquisa para o incentivo ao pequeno produtor, à produção orgânica e o de se obter boas práticas agroecológicas, como as implementadas pelo programa Cultivando Água Boa.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
COSTA, Mariluci Pinto et al. Relato de Experiência no Sítio Arruda, São Miguel do Iguaçu - PR. Cadernos de Agroecologia, [S.l.], v. 11, n. 2, jan. 2017. ISSN 2236-7934. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/cad/article/view/21513>. Acesso em: 26 nov. 2020.
Palavras-chave
produção orgânica; meio ambiente; indicador ambiental
Seção
Agroecol 2016 - Construção de Conhecimentos Agroecológicos