Sustentabilidade: o Caminho é a Agroecologia

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Wagner Gervazio Sonia Maria Pessoa Pereira Bergamasco Wilon Mazalla Neto Oscar Mitsuo Yamashita Delmonte Roboredo

Resumo

Nosso estudo fornece uma abordagem e uma reflexão sobre a sustentabilidade e sua viabilização a partir dos conceitos da agroecologia. Dessa forma, o objetivo foi realizar uma revisão de literatura sobre a sustentabilidade a partir da agroecologia. Para tanto, realizamos uma profunda revisão de literatura, levantando abordagens relacionadas a questões ligadas à sustentabilidade, sob diferentes óticas, advindas de diversos pesquisadores. Dessa maneira, o conceito de sustentabilidade neste trabalho é no sentido de uma nova racionalidade ambiental, tal como proposto por Leff. Acreditamos que essa nova racionalidade ambiental se dá pela agroecologia como sendo uma alternativa à lógica do neoliberalismo. A partir desta, é possível pensarmos em novas perspectivas de desenvolvimento para o campo, dentro de uma discussão conceitual de sustentabilidade.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
GERVAZIO, Wagner et al. Sustentabilidade: o Caminho é a Agroecologia. Cadernos de Agroecologia, [S.l.], v. 11, n. 2, dec. 2016. ISSN 2236-7934. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/cad/article/view/21451>. Acesso em: 30 nov. 2020.
Palavras-chave
Ótica agroecológica, perspectivas sustentáveis, racionalidade ambiental
Seção
Agroecol 2016 - Desenvolvimento Rural e Urbano em Bases Agroecológicas

Referências

ALTIERI, M. Agroecologia: as bases científicas da agricultura alternativa. Rio de Janeiro: PTA/FASE, 1989. 240p.

ALTIERI, M. A dinâmica produtiva da agricultura sustentável. 5 ed. Porto Alegre: UFRGS, 2009. 117p.

BOFF, L. Cuidar da Terra, proteger a vida. Como evitar o fim do mundo. Rio de janeiro: Record, 2010. 330p.

CAPORAL, F.R. COSTABEBER J.A. Agroecologia: conceitos e princípios para a construção de estilos de agriculturas sustentáveis. IN: Questão agrária, cooperação e Agroecologia. NOVAIES, H.; MAZIN, A.D.; SANTOS, L. (organizadores). 1. ed. São Paulo: Outras Expressões, 2015. 408p.

CASTILLO, R.M. Agroecología: atributos de sustentabilidad. Inter Sedes, v.3, n.5, p.25-45, 2002.

FAGNANI, A.M. A questão ecológica na formação do engenheiro agrícola. Campinas, SP: [s.n.], 1997. 184 f. Tese (doutorado em Educação) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação.

FOLADORI, G.; TAKS, J. Um olhar antropológico sobre a questão ambiental. Mama, v.2, n.10, p.323-348, 2004.

FOSTER, J.B. A ecologia de Marx: Materialismo e Natureza. São Paulo: Civilização Brasileira, 2005. 420p.

GLIESSMAN, S. R. Quantifying the agroecological component of sustainable agriculture: a goal. IN: GLIESSMAN, S. R. (ed.). Agroecology: researching the ecological basis for sustainable agriculture. New York: Springer-Verlag, 1990, p.366-399.

GUZMÁN CASADO, G.; GONZÁLEZ de MOLINA, M.; SEVILLA GUZMÁN, E. Introducción a la agroecología como desarrollo rural sostenible. Madrid: Mundi-Prensa, 2000. 535 p.

LEFF, H. Ecologia, capital e cultura: a territorialização da racionalidade ambiental. Petrópolis, RJ: Vozes, 2009. 439p.

LEFF, H. Discursos sustentáveis. São Paulo: Cortez, 2010. 293p.

MAZALLA NETO, W. Agroecologia e crítica da alienação: agricultores camponeses e a experiência do trabalho. IN: Questão agrária, cooperação e Agroecologia. NOVAES H., MAZIN A. D. SANTOS L. (organizadores). 1.ed. São Paulo: Outras Expressões, 2015. 408p.

MÉSZÁROS, I. Bolívar e Chaves: O espírito da determinação radical. IN: Revista Margem Esquerda – ensaios marxistas. n.8, BOITEMPO editoral, 2006.

SACHS, I. Ecodesenvolvimento: crescer sem destruir. São Paulo: Vértice, 1986. 207p.

SEVILHA GUZMÁN, E. Bases sociológicas de la agroecología. In: Encontro Internacional sobre Agroecologia e desenvolvimento rural sustentável. Botucatu. FCA/UNESP (CD ROM), 2001. 20p.

SEVILHA GUZMÁN, E. Uma estratégia de sustentabilidade a partir da Agroecologia. Agroecologia e Desenvolvimento Rural Sustentável, v.2, n.1, p.35-45, 2001.