Integração Produtiva Agroecológica: tecnologia social em sistema agroflorestal com cacaueiros e pirarucu (Arapaima gigas)

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Tânia Olinda Lima Clodoaldo De Oliveira Freitas Eliane Silva Leite Bruna Érica De Oliveira Antônio Deusemínio Almeida

Resumo

A produção agroecológica é o maior anseio da população mundial, todavia muitas experiências voltadas para a produção sustentável ainda são desconhecidas pela grande maioria da população, por isso o trabalho busca mostrar que é possível desenvolver um projeto que integra diversas culturas em um pequeno espaço de terra. A propriedade analisada nesse trabalho utiliza como irrigação os excrementos do cultivo de pirarucu, ricos em nutrientes para potencializar a cultura do cacau, prática “batizada” pelos agricultores de PIRACAU. Esta experiência tem despertado em outros agricultores da região a vontade de produzir vida, preconizando o equilíbrio ambiental, social e econômico, de modo que é uma atividade que tem gerado renda, além de ensino e pesquisa, pois é frequentado por diversos atores sociais, como alunos das Escolas Famílias – EFAs, agricultores, pesquisadores e o governo do Estado.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
LIMA, Tânia Olinda et al. Integração Produtiva Agroecológica: tecnologia social em sistema agroflorestal com cacaueiros e pirarucu (Arapaima gigas). Cadernos de Agroecologia, [S.l.], v. 11, n. 2, dec. 2016. ISSN 2236-7934. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/cad/article/view/21370>. Acesso em: 05 dec. 2020.
Palavras-chave
Rondônia; piracau; sustentabilidade; geração de renda; diversidade; produção de vida.
Seção
Agroecol 2016 - Construção de Conhecimentos Agroecológicos