Espécies exóticas de bambu no município de São Mateus do Sul, Paraná

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Rafaela Faber de Campos http://orcid.org/0000-0002-4706-0444 Kassio Kiyoteru Okuyama Pedro Henrique Weirich Neto Demerval Pessin Farias Maria Elena Payret Arrua

Resumo

A diversidade de espécies de bambu e suas características morfológicas justificam a sua utilização, a qual é histórica na sociedade. Visando ampliar uso, principalmente na agricultura de base familiar, ainda existem muitas lacunas. Nesse contexto, o presente trabalho buscou realizar um levantamento das principais espécies exóticas e o uso potencial referenciado. Esse se deu em São Mateus do Sul, Paraná, município referencial no cultivo e uso de bambu. Foram identificados 110 locais com a presença de bambu, os quais foram descritos por produtores rurais, técnicos e pela visualização nas propriedades. A classificação das espécies foi realizada com auxílio de herbários e bibliografia correlata. As principais espécies observadas foram: Phyllostachys aurea Rivière & C. Rivière., Bambusa tuldoides Munro, Sinarundinaria falcata (Nees) C.S.Chao & Renv.. O potencial de uso identificado para estas espécies é a construção civil, tratamento sanitário, produção de celulose e o paisagismo. As demais espécies, apesar de presentes, não podem ser indicadas ainda para uso, entre outros pela baixa oferta de material. Observa-se a necessidade de estudos para estabelecer confiança quanto ao cultivo e possíveis usos, visando assim o desenvolvimento rural sustentável.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
CAMPOS, Rafaela Faber de et al. Espécies exóticas de bambu no município de São Mateus do Sul, Paraná. Cadernos de Agroecologia, [S.l.], v. 11, n. 2, dec. 2016. ISSN 2236-7934. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/cad/article/view/21364>. Acesso em: 04 dec. 2020.
Palavras-chave
manejo ecológico de bambu, desenvolvimento rural sustentável, agroecologia
Seção
Agroecol 2016 - Construção de Conhecimentos Agroecológicos

Referências

ARMANDEI, M.; DARWISH, I. F.; GHAVAMI, K. Experimental study on variation of mechanical properties of a cantilever beam of bamboo. Construction and Building Materials, v. 101, n. 1, p. 784-790, 2015.
ASU. 2015. Herbário Virtual Austral Americano. Disponível em https://herbariovaa.org/. Acesso em Set 2015.
BUCCO, S.; PADOIN, N.; NETTO, W. S.; SOARES, H. M. Drinking water decontamination by biological using fresh bamboo as inoculum source. Bioprocess and Biosystems Engineering, v. 37, n. 10, p. 2009-2017, 2014.

COELHO, E. F.; PEREIRA, P. M. Desempenho de drenos de bambu e PVC em solo de várzea. Pesquisa Agropecuária Brasileira. Brasília: Embrapa; v. 27, n. 6, p. 901-914, 1992.
FILGUEIRAS, T. S., GONÇALVES, A. P. S. A Checklist of the Basal Grasses and Bamboos in Brazil (POACEAE). The Journal of the American Bamboo Society, v.18, n.1, p. 7-18, 2004.
FILGUEIRAS, T.S.; GONÇALVES, A.P.S. Bambu Nativos no Brasil: oportunidades e desafios para seu conhecimento. In: I SEMINÁRIO NACIONAL DO BAMBU: ESTRUTURAÇÃO DA REDE DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO, Brasília, 2006. Anais... Brasília, p. 33 – 42, 2006.
GONÇALVES, A. P. S.; OKANO, R. M. de C.; VIEIRA, M. F.; FILGUEIRAS, T. S. Bambus (Bambusoideae: Poaceae) do Parque Estadual do Rio Doce, Minas Gerais: Florística e morfologia. In: SEMINÁRIO NACIONAL DE BAMBU: ESTRUTURAÇÃO DA REDE DE PESQUISA E DESENVOLVIMENTO, 2006, Brasília. Anais... Brasília: UnB, p. 43-48, 2006.
JBRJ. 2015. Herbário Virtual Reflora. Disponível em . Acesso em Ago 2015.
KLEIN, R.M. 1981. Gramíneas. In: Reitz, R. (ed.). Flora Ilustrada Catarinense. Herbário Barbosa Rodrigues, Itajaí.
KÖPPEN, W.; GEIGER, R. Klimate der Erde. Gotha: Verlag Justus Perthes. 1928. Wall-map 150cmx200cm.
MARY, W.; KENMOCHI, C. S.; COMETTI, N. N.; LEAL, P. M. Avaliação de estrutura de bambu como elemento construtivo para casa de vegetação. Revista Engenharia Agrícola, v. 27, n. 1, p. 100-109, 2007.
QUEGE, K. E.; ALMEIDA, R. A.; UCKER, F. E. Utilização de plantas de bambu no tratamento de esgoto sanitário pelo sistema de alagados construídos. Rev. Elet. em Gestão, Educação e Tecnologia Ambiental, v. 10, n. 10, p. 2069-2080, 2013.
RAITT, W. The digestion of grasses and bamboo for papermaking. Technical Press. London. p.116, 1931.
SUN, J.; YU, J.; ZHANG, P.; TANG, F.; YUE, Y.; YANG, Y.; FENG, Z.; GUO, X. Isolation and Identification of Lignans from Caulis Bambusae in Taenia with Antioxidant Properties. Journal of Agricultural and Food Chemistry, v. 61, p. 4556-4562, 2013.
TOMBOLATO, A.F.C.; GRECO, T.M.; PINTO, M.M. Dez espécies de bambus exóticos mais comuns no paisagismo no Brasil. Revista Brasileira de horticultura Ornamental, v. 18, n. 2, p. 105-114, 2012.
YUMING, Y.; KANGLIN, W.; SHENGJI, P.; JIMING, H. Bamboo Diversity and Traditional Uses in Yunnan, China. Mountain Research and Development, v. 24, n. 2, p. 157-165, 2004.