Favorabilidade climática para o desenvolvimento de Cercospora longissima em alface em cultivo orgânico como subsídio ao sistema de previsão ‘Agroconnect’

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Euclides Schallenberger Jaquelini Garcia Rafael Gustavo Ferreira Morales Alexandre Visconti Wilian da Silva Ricce

Resumo

A alface é uma hortaliça de grande importância no Brasil que possui grande potencial de mercado entre os produtos orgânicos. A cercosporiose é uma doença de origem fúngica favorecida pelo excesso de umidade, altas temperaturas e pelo menos 24 horas de molhamento foliar. Estas variáveis ambientais associadas ao conhecimento das condições epidemiológicas para a ocorrência do patógeno durante ciclo da cultura, são fundamentais para a obtenção de estratégia de controle da doença através do manejo correto da cultura, com consequente redução dos custos ao produtor, sendo um aliado ao cultivo orgânico. O objetivo desse trabalho foi realizar revisão bibliográfica de variáveis ambientais de favorabilidade à ocorrência da cercosporiose na cultura da alface e realizar a análise probabilística da sua eficiência para inclusão no sistema Agroconnect da EPAGRI/CIRAM.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
SCHALLENBERGER, Euclides et al. Favorabilidade climática para o desenvolvimento de Cercospora longissima em alface em cultivo orgânico como subsídio ao sistema de previsão ‘Agroconnect’. Cadernos de Agroecologia, [S.l.], v. 11, n. 2, dec. 2016. ISSN 2236-7934. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/cad/article/view/21353>. Acesso em: 05 dec. 2020.
Palavras-chave
Temperatura, umidade relativa do ar, tempo de molhamento foliar, Agroconnect
Seção
Agroecol 2016 - Outros Temas

Referências

ABREU, I. M. O.; JUNQUEIRA, A. M. R.; PEIXOTO, J. R.; OLIVEIRA, A. R. Qualidade microbiológica e produtividade de alface sob adubação química e orgânica. Ciência e Tecnologia de Alimentos, Campinas, v. 30 p. 108-118, maio 2010.

AMORIM, L.; REZENDE, J.A.M.; BERGAMIN FILHO, A. Manual de fitopatologia: Princípios e conceitos. 4 ed., vol. I, Editora Agronômica Ceres, São Paulo, SP, 2011.

AQUINO, A. M. de; ASSIS, R. L. de. Agroecologia: princípios e técnicas para uma agricultura orgânica sustentável. Brasília, DF: Embrapa Informação Tecnológica, 2005. 517 p.

CALLEGARI, O.; BRANDÃO FILHO, J. U. T.; VIDA, J. B.; KAJIHARA, L. H.; OCCHIENA, E. M. Utilização de fungicidas via pulverização foliar na cultura da alface, visando o controle da mancha de cercospora. 2001.

FONTANÉTTI, A.; CARVALHO G. J.; GOMES L. A. A.; ALMEIDA K.; MORAES S. R. G.; TEIXEIRA C. M. 2006. Adubação verde na produção orgânica de alface americana e repolho. Horticultura Brasileira 24: 146-150.

GOMES, A.M.A.; MICHEREFFI, S. J.; MARIANOI, R. de L. R.; RODRIGUES, V. J. L. B. Intensidade da cercosporiose da alface em cultivos convencionais e orgânicos em Pernambuco, Brasil. Summa Phytopathologica, v.32, n.4, p.384-385, 2006.

KIMATI, H. AMORIM, L. REZENDE, J.A.M. BERGAMIN FILHO, A. CAMARGO, L.E.A. Manual de Fitopatologia: Doenças de plantas cultivadas. 4 ed., vol II. Editora Agronômica Ceres, 2005.

LOPES, C.A.; QUEZADO-DUVAL, A.M. Doenças da alface. Brasília: Embrapa Hortaliças, 1998. 18p. (Circular Técnica da Embrapa Hortaliças, 14).

MORAIS, E. G.; LOPES, M. A. P.; RESENDE, C. P.; SILVA, S.; GONÇALVES, L. D. Uso de húmus sólido e diferentes concentrações de húmus líquido em características agronômicas da alface. Cadernos de Agroecologia. Vol 9, No. 4, Nov 2014.

PASSOS, M.S.; PASSOS, P.M.S.; VASCO, A.N.do.; GONÇALVES,G.B.B.; MESQUITA,J. B.; NOGUEIRA, L. C. Incidência de doenças em alface (Lactuca sativa L.) irrigada por aspersão na região de Itabaiana, Sergipe. 2009. In: Jornada de ensino, pesquisa e extensão, 9.; semana nacional de ciência e tecnologia, 6., 2009, Recife. anais... Recife: UFPRE, 2009.

Raid, R.N. Cercospora. In: Davis, R.M.; Subbarao, K.V.; Raid, R.N.; Kurt, E.A. (Ed.) Compedium of lettuce diseases. St. Paul: APS Press, 1997. p.16-17.

RAID, R. N. Lettuce diseases and their management. In: NAQVI, S.A.M.H. (Ed.). Diseases of fruits and vegetables: volume II. Springer Netherlands, 2004. p. 121-147.

SAVARY, S. Épidémiologie de la cercosporiose de la laitue (Lactuca sativa L.) en republique de Côte-d’Ivoire: étude de quelques étapes du cycle épidémiologique. Agronomie, Paris, v.3, n.9, p.903-909, 1983.