Utilização de Resíduos Agrícolas na Produção de Mudas de Rúcula (Eruca sativa) e Alface (Lactuca sativa)

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

José Cunegundes Weckner Rodrigues Carlos Eduardo Pereira Luciano Ferreira Paes Jéssica Cristian Nunes dos Santos André Moreira Bordinhon

Resumo

A atividade agrícola do Brasil acarreta numa volumosa produção de resíduos orgânicos (casca de arroz, caroços de açaí, entre outros) que são atualmente desperdiçados, mas que poderiam ser utilizados na compostagem e formulação de substratos para produção de diversas mudas vegetais. Neste sentido, o objetivo neste trabalho foi determinar a viabilidade técnica da utilização do resíduo agrícola casca de arroz carbonizado e do caroço de açaí triturado na formulação de substratos para produção de mudas de rúcula e alface. O experimento foi realizado em casa de vegetação do Instituto de Educação, Agricultura e Ambiente – IEAA na Universidade Federal do Amazonas. Estes resíduos foram combinados e utilizados num experimento considerado variáveis de germinação e crescimento de alfaces (variedades Regina Verão e Baba Verão) e rúcula, num delineamento inteiramente casualizado com 4 repetições e os seguintes tratamentos: (T1) solo+areia+casca de arroz carbonizado (S+A+CAC) 3:2:1, (T2) solo+areia+caroço de açaí triturado (S+A+CAT) 1:1:1, (T3) solo+areia+caroço de açaí triturado (S+A+CAT) 3:2:1, (T4) solo+areia+casca de arroz carbonizado (S+A+CAC) 1:1:1, (T5) substrato comercial e (T6) solo+casca de arroz carbonizado+caroço de açaí triturado (S+CAC+CAT) 1:1:1. Para análise granulométrica foram utilizados cinco tipos de peneiras diferentes, peneira de malha 2,0mm; 1,0mm; 0,5mm; 0,250mm; 0,125mm e < 0,125mm. Após 20 dias da semeadura, foram avaliadas as seguintes variáveis: altura da planta (AT); números de folhas (NF) e porcentagem de emergência e índice de velocidade de emergência. Conclui-se que o substrato solo+areia+casca de arroz carbonizado na proporção 1:1:1 propicia maior crescimento e desenvolvimento das mudas de rúcula e alface.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
RODRIGUES, José Cunegundes Weckner et al. Utilização de Resíduos Agrícolas na Produção de Mudas de Rúcula (Eruca sativa) e Alface (Lactuca sativa). Cadernos de Agroecologia, [S.l.], v. 11, n. 2, jan. 2017. ISSN 2236-7934. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/cad/article/view/21342>. Acesso em: 02 dec. 2020.
Palavras-chave
Caroço de açaí (Euterpe oleracea), Casca de arroz (Oryza sativa) carbonizado, Formulação de substrato.
Seção
Agroecol 2016 - Desenvolvimento Rural e Urbano em Bases Agroecológicas

Referências

CARON, B. O. POMMER, S. F. SHMIDT, D.; MAFRON, P. A.; MEDEIROS, S. L. P. Crescimento da alface em diferentes substratos. Revista de Ciências Agroveterinárias, v. 3, n. 2, p. 97-104, 2004.

FERREIRA-LEITAO, V.; GOTTSCHALK, L. M. F.; FERRARA, M. A.; NEPOMUCENO, A. L.; MOLINARI, H. B. C.; BOM, E. P. S. Biomass Residues in Brazil: availability and potential uses. Waste Biomass Valor, v. 1, p. 65-76, 2010.

FILGUEIRA, F. A. R. Novo manual de olericultura: Agrotecnologia moderna na produção e comercialização de hortaliças. UFV, Viçosa, Brasil, p 402, 2003.

FILGUEIRA, F. A. R. Novo manual de olericultura: agrotecnologia moderna na produção e comercialização de hortaliças. – 3. Ed. Ver. E ampl. – Viçosa, MG: Ed. UFV, 2007.

FILGUEIRA, F. A. R. Novo manual de olericultura: agrotecnologia moderna na produção e comercialização de hortaliças. Viçosa: UFV, 402p. : p. 40 - 135, 288 - 295. 2000.

GOMES, T. M. Efeito do C02 aplicado na água de irrigação e no ambiente sobre a cultura da alface (Lactuca sativa L.). Tese de Doutorado, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz,Universidade de São Paulo, Brasil, 83pp. 2001.

GRUSZYNSKI, C. Resíduo agro-industrial “Casca de Tungue” como componente de substrato para plantas. Dissertação de Mestrado, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Brasil, 99pp. 2002.

KÄMPF, A. N. Produção comercial de plantas ornamentais. Guaíba: Agropecuária, p. 254, 2000.

KIEHL, E. J. Manual de compostagem: maturação e qualidade do composto. 4ª ed. E. J. Kiehl. Piracicaba. 173 p. 2004.

MACEDO, A. C. Produção de Mudas em viveiros florestais: espécies nativas / A. C. Macedo; revisado e ampliado por Paulo Y. Kageyama, Luiz G. S. da Costa. - São Paulo: Fundação Florestal, 1993.

MAUAD, M.; FELTRAN, J. C.; CORRÊA, J. C.; DAINESE, R. C.; ONO, E. O.; RODRIGUES, J. D. Enraizamento de estacas de azaléia tratadas com concentrações de Ana em diferentes substratos. Ciência e Agrotecnologia, v. 28, p.771-777, 2004.

MELLO, R. P. Consumo de água do lírio asiático em vaso com diferentes substratos, Dissertação (Mestrado em Engenharia Agrícola) - Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, p. 74, 2006.

PARVIAINEN, J. V. Qualidade e avaliação de qualidade de mudas florestais. In: SEMINÁRIO DE SEMENTES E VIVEIROS FLORESTAIS, 1., 1981, Curitiba. Anais... Curitiba: FUPEF, p. 59-90, 1981.

RESENDE, G. M.; Yuri, J. E.; Mota, J. H.; Souza, R. J. de; Freitas, S. A. C. de; Rodrigues Jr., J. C. Efeitos de tipos de bandejas e idade de transplantio de mudas sobre o desenvolvimento e produtividade da alface americana. Horticultura Brasileira, ed. 21 v. 3, p. 558-563, 2003.

ROGEZ, H. Açaí: preparo, composição e melhoramento da conservação. Belém: EDUFPA, p. 313, 2000.

SANTOS, F. R. P.; CASTILHO, R. M. M. de; DUARTE. E. F. Caracterização físico-química de sete componentes de substratos recomendados para uso em floricultura. Cultura Agronômica, Ilha Solteira, v.11, n.1, p.81-92, 2002.

SETUBAL, J. W. C.; AFONSO NETO, F. Efeito de substratos alternativos e tipos de bandejas na produção de mudas de pimentão. Horticultura Brasileira, v.18, p. 593-594, 2000.

TABAJARA, S. M.; COLÔNIA, E. J. Casca de arroz e meio ambiente. Revista Lavoura Arrozeira, n. 369, p. 10-12. 1986.

TRANI, P. E.; PASSOS, F. A. Rúcula (Pinchão) Eruca vesicaria sativa (Mill.) Thell. In: Congresso Brasileiro de Olericultura, 45º. Fortaleza, Anais... Ago. 2005 – Suplemento CDROM, 2015.