Sustentabilidade do agroecossistema cafeeiro na agricultura familiar

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Arnaldo Henrique de Oliveira Carvalho Letícia Célia Heitor Ariane Cardoso Costa Wallace Luís de Lima Fábio Luiz de Oliveira

Resumo

Conciliar a produção agrícola à proteção ambiental tornou-se uma questão estratégica para o agricultor, especialmente quando se trata de agricultura familiar. Objetivou-se identificar os indicadores de qualidade do solo e da cultura do agroecossistema cafeeiro em uma propriedade no município de Ibatiba - ES. O trabalho foi realizado na propriedade do agricultor Venilson. Inicialmente houve uma conversa a fim de demonstrarmos a metodologia. A partir do conhecimento prático sobre o local enumeramos, ou seja, estabelecermos uma escala numérica, o estado de conservação ou degradação do seu agroecossistema cafeeiro. Utilizamos como indicadores do solo os parâmetros: plantas indicadoras; a erosão; atividade biológica; diversidade de plantas cultivadas; cor, odor e teor de matéria orgânica; a manta orgânica; profundidade da camada escura e estado dos restos vegetais, e cobertura do solo. E como indicadores da cultura: o vigor das plantas; incidência de pragas e doenças na cultura; competição com plantas espontâneas ou cultivadas ou árvores; arborização; diversidade natural circundante; sistemas de manejo e produção de biomassa. Cada indicador foi avaliado separadamente e atribuiu-se um valor de 1 a 10 (sendo 1 o valor menos desejável, 5 valor moderado e 10 o valor preferencial) em conformidade com as características apresentado pelo solo e pela cultura. Identificamos que na propriedade do Sr. Venilson a qualidade do seu agroecossistema cafeeiro está moderado, precisando melhorar os indicadores da cultura arborização e produção de biomassa e para os indicadores de qualidade do solo melhorar a profundidade da camada escura e a diversidade de plantas.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
CARVALHO, Arnaldo Henrique de Oliveira et al. Sustentabilidade do agroecossistema cafeeiro na agricultura familiar. Cadernos de Agroecologia, [S.l.], v. 11, n. 2, dec. 2016. ISSN 2236-7934. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/cad/article/view/21035>. Acesso em: 02 dec. 2020.
Palavras-chave
agroecologia, indicadores, solo
Seção
Agroecol 2016 - Manejo de Agroecossistemas Sustentáveis

Referências

ARRUDA, L. E. V.; BATISTA, R. O.; VALE, H. S. M.; COSTA, L. R. DA; SILVA, K. B. da. Uso de metodologia participativa na obtenção de indicadores da qualidade do solo em Mossoró-RN. Revista Verde de Agroecologia e Desenvolvimento Sustentável, Mossoró, v.7, n.5, p25-35, 2012.

FERREIRA, J.M.L., VIANA, J.H.M., COSTA DA, A.M., SOUSA DE, D.V., FONTES, A.A. Indicadores de Sustentabilidade em Agroecossistemas. Informe Agropecuário, Belo Horizonte, v.33, n. 271, p. 12-25, nov./dez. 2012.

LIMA, D.S. Indicadores de qualidade do solo sob sistema de produção agrícola convencional em conversão para agroecológico. Dissertação (Mestrado em Agronomia). Universidade Estadual de Londrina. Londrina-PR. 2007.

NICHOLLS, C. I. ALTIERRI, M. A.; DEZANET, A.; LANA, M.; FEISTAUER, D.; OURIQUES, M. A rapid, farmer-friendly agroecological method to estimate soil quality and crop health in vineyard systems. Biodynamics, n.250, p.33-40, 2004

PEIXOTO, R.T DOS G.; WESENBERG, J.; BALIEIRO, F. DO C.; SATLER, D.K.; NAEGELI, F.E.; FONTANA, A.; FIDALGO, E.C.C.; ALBINO, J.C.T.; KOCH, G.M. E CAESÁRIO, F.V. Uso da terra e dos recursos naturais relacionados à dinâmica da paisagem e indicadores para subsidiar o planejamento agroambiental em áreas de Mata Atlântica. Resultados preliminares da bacia do Guapi-Macacu. II Encontro Científico do Parque Estadual dos Três Picos. 2012.