PRP: jogo de tabuleiro para o ensino de ciências, uma nova perspectiva sobre ecologia e agronomia na educação na visão de duas turmas de formação de professores.

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Danilo Costa De-Almeida Luan Bento Ferreira Ian Henrique Bento Ferreira

Resumo

As ferramentas lúdicas são utilizadas para a ampliação das alternativas dentro do contexto ensino – aprendizagem. Assim, este trabalho propõe um modelo de jogo de tabuleiro para o ensino de ecologia e produção de alimentos, versando sobre diversos conteúdos, principalmente sobre temas abrangentes de ecologia, agronomia e pecuária. PRP alia uma produção de conhecimento com a ludicidade de um jogo de tabuleiro. Por se tratar de uma ferramenta lúdica para diversas idades, ela foi aplicada inicialmente em duas turmas de formação de professores de biologia e pedagogia. Avaliando o discurso dos participantes, após a aplicação, foi possível concluir que o jogo teve uma boa aceitação por parte dos envolvidos.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
DE-ALMEIDA, Danilo Costa; FERREIRA, Luan Bento; FERREIRA, Ian Henrique Bento. PRP: jogo de tabuleiro para o ensino de ciências, uma nova perspectiva sobre ecologia e agronomia na educação na visão de duas turmas de formação de professores.. Cadernos de Agroecologia, [S.l.], v. 11, n. 2, dec. 2016. ISSN 2236-7934. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/cad/article/view/21021>. Acesso em: 05 dec. 2020.
Palavras-chave
jogo didático, agroecologia, ensino prático.
Seção
Agroecol 2016 - Sociedade e Natureza

Referências

BARROS, L. C.; DAMBROS G.; MACHADO, D. T. M. Agroecologia na escola: Desenvolvimento de atividades agroecológicas na rede pública de ensino de Cachoeira do Sul/RS Monografias ambientais, v. 5, n. 5, p. 1032-1037, 2012. Disponível em: . Acesso em: 8 jun. 2015.

BICA, G. S. et al. Educação e agroecologia: caminhos que se completam.Revista Brasileira de Agroecologia, v. 2, n. 2, p. 1576-1579, 2007. Disponível em: < http://www.aba-agroecologia.org.br/revistas/index.php/rbagroecologia/article/view/
7378 >. Acesso em: 25 ago. 2015.

JANN, P. N.; LEITE, M. F. Jogo do DNA: um instrumento pedagógico para o ensino de ciências e biologia. Ciências e Cognição, v. 15, n. 1, p. 282-293, 2010. Disponível em: 192>. Acesso em:13 jul.2015.

PETERSEN, P. Expressões do projeto modernizante no Brasil. In: NIEDERLE, P. A. et al., Agroecologia : práticas, mercados e políticas para uma nova agricultura. Curitiba : Kairós, 2013. 393 p. Disponível em: .
Acesso em: 29 ago. 2015.

SILVA, A. A.; PASSERINO, L. M. A Fazenda Software Educativo para a Educação Ambiental. Renote Novas Tecnologias na Educação, v. 5, n. 2, 2007. Disponível em: < http://seer.ufrgs.br/renote/article/view/14198 >. Acesso em: 07 jun. 2015.