Produção orgânica de hortaliças e sua importância na saúde humana – uma reflexão pedagógica

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

L F Melo Alexandre Eduardo de Araújo

Resumo

O consumo insuficiente de hortaliças aumenta o risco de doenças crônicas não transmissíveis, como as cardiovasculares e alguns tipos de câncer, estando entre os 10 fatores de risco que mais causam mortes e doenças em todo o mundo. A produção orgânica de hortaliças é extremamente importante para a saúde humana, pois fornece nutrientes para o organismo, mantém e melhora a saúde, previne doenças, havendo longevidade de vida humana. O objetivo do trabalho foi relatar a influência da monitoria na aprendizagem dos discentes através da magnitude importância do Cultivo Agroecológico de Hortaliças. O tipo de projeto realizado foi Monitoria, com a disciplina de Cultivo Agroecológico de Hortaliças, acarreado no Centro de Ciências Humanas, Sociais e Agrárias da UFPB. As aulas práticas da monitoria foram conduzidas em local aberto, estabelecido em uma área degradada, onde foi realizado um sistema de policultivo com curva de nível, envolvendo diversas hortaliças, com aplicações de estercos bovino, caprino e de aves, com irrigações pela manhã ou no final da tarde. Registrou-se efeito significativo nas atividades pertinentes a monitoria que foram executadas em sua plenitude. No sistema de policultivo as plantas apresentaram um bom crescimento, desenvolvimento e colheita. A monitoria proporcionou conhecimento aos estudantes através da realização de práticas e teorias, onde os discentes perceberam que a produção de hortaliças orgânicas reflete na saúde humana, no solo e planta, já que não houve a contaminação dos mesmos.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
MELO, L F; ARAÚJO, Alexandre Eduardo de. Produção orgânica de hortaliças e sua importância na saúde humana – uma reflexão pedagógica. Cadernos de Agroecologia, [S.l.], v. 10, n. 2, sep. 2015. ISSN 2236-7934. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/cad/article/view/20580>. Acesso em: 28 oct. 2020.
Palavras-chave
Agrotóxico; Doença; Agroecologia
Seção
XV Encontro Regional de Agroecologia - Bananeiras-PB - 30/4 a 03/5 de 2015

Referências

ALTIERI, M.; SILVA, E. N.; NICHOLLS, C. O papel da biodiversidade no manejo de pragas. Ribeirão Preto, SP: Holos, 2003. 226 p.
FILGUEIRA, A. R. Ciência, Reflexividade e In(Certezas. XVII SEMINÁRIO INTERINSTITUCIONAL DE ENSINO, PESQUISA E EXTENSÃO, 2012, Cruz Alta. Produção agroecológica de hortaliças: alternativa de desenvolvimento sustentável em aguiarnópolis-to. Cruz Alta, 2012. 4 v.
JAIMEL, P. C. et al. Educação Nutricional e consume de frutas e hortaliças:
ensaio comunitário controlado. Scielo. 2007. Disponível em:
. Acesso em 14 de março de
2015.
JUNQUEIRA, A. M. R. A participação da agricultura familiar na produção de hortaliças e o mercado de orgânicos. Grupo Cultivar. 2010. Disponível em:
. Acesso em
14 de março de 2015.
Londres, Flavia. Agrotóxicos no Brasil: um guia para ação em defesa da vida. – Rio de Janeiro: AS-PTA – Assessoria e Serviços a Projetos em Agricultura Alternativa, 2011.
MOREIRA, M. R. S. Um olhar sobre a agricultura familiar, a saúde humana e o ambiente. Scielo. 2013. Disponível em:
67252013000300018&script=sci_arttext>. Acesso em 14 de março de 2015.
SILVA, A. C. F. da. Importância da horta orgânica. Cultivo Orgânico. 2012. Disponível em:
. Acesso em 14 de março de 2015.