Uso de Sistemas Agroflorestais e Pastagem Rotacionada para Manutenção e Restauração de Serviços Ambientais

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Maria do Carmo SANTOS Alexine KEUROGHLIAN Donald P. EATON

Resumo

Após detectar problemas de degradação de córregos e matas numa região onde ainda há uma boa diversidade de animais silvestres e corredores ecológicos significativos para a conservação, a WCS-Brasil iniciou um projeto de transferência de tecnologias para os proprietários e produtores da região do alto rio Taboco. Envolvendo mais de 380 pessoas, entre pequenos produtores, assentados do INCRA e trabalhadores rurais, este projeto teve o objetivo de ensinar técnicas agroecológicas para que as produções aconteçam de forma amigável com o meio ambiente. Além das técnicas sustentáveis, noções de serviços ambientais, e importância da biodiversidade, os participantes foram sensibilizados para haver mudança de atitude em ralação ao ambiente natural Já com 60% de sua área convertido em pastagem. Acompanhamentos periódicos são feitos com participantes nas áreas para analisarmos o efeito econômico dos cursos na produção e na conservação de águas e florestas.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
SANTOS, Maria do Carmo; KEUROGHLIAN, Alexine; EATON, Donald P.. Uso de Sistemas Agroflorestais e Pastagem Rotacionada para Manutenção e Restauração de Serviços Ambientais. Cadernos de Agroecologia, [S.l.], v. 9, n. 4, feb. 2015. ISSN 2236-7934. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/cad/article/view/16673>. Acesso em: 16 jan. 2021.
Palavras-chave
Agroecologia, restauração ecológica, produção sustentável da terra
Seção
AGROECOL2014 - Relatos de Experiências