16123 - Avalição de sistemas de produção leiteira através de nove indicadores de sustentabilidade

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Juan Pablo Alvez Allen Matthews Abdon Luiz Schmitt Filho Joshua Farley Darci Pitton Filho Luiz Fernando Zin Battisti

Resumo

A produção de bens e serviços aumentou 36 vezes nos últimos cem anos, 9 vezes per capita, enquanto a capacidade dos ecossistemas gerar serviços essenciais diminuiu. A agricultura figura entre os vilões do antropoceno como responsável pela desestabilização global dos ecossistemas. Neste contexto, a pecuária deve ser melhor avaliada para que através de políticas públicas possamos privilegiar “sistemas produtivos mais responsáveis”. Cinquenta e dois produtores de leite responderam um questionário com nove indicadores de sustentabilidade para avaliação das suas propriedades. O objetivo era comparar práticas econômicas, sociais e ambientais entre três sistemas de produção e manejo, o pastoreio contínuo (PC), o pastoreio Voisin (PV) e o confinamento (C). As propriedades foram reavaliadas apôs dois anos. Na primeira distribuição, 39 agricultores completaram o questionário e 29 completaram a segunda avaliação, após dois anos. Os resultados mostram que a produção de leite a base de pasto sob sistema Voisin apresenta índices de sustentabilidade superiores em cinco indicadores quando comparado com produção confinada ou mesmo pastoreio continuo.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
ALVEZ, Juan Pablo et al. 16123 - Avalição de sistemas de produção leiteira através de nove indicadores de sustentabilidade. Cadernos de Agroecologia, [S.l.], v. 9, n. 3, dec. 2014. ISSN 2236-7934. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/cad/article/view/16123>. Acesso em: 26 oct. 2021.
Palavras-chave
Pastoreio Voisin, produção a pasto, sustentabilidade, Vermont USA
Seção
IV Seminário de Agroecologia do DF e Entorno