13548 - A experiência da COOPERAGRECO: Desenvolvimento regional das Encostas da Serra Geral Catarinense

##plugins.themes.bootstrap3.article.main##

Diego Weber Günter Timm Beskow Marcos Antônio Giovanaz Adilson Maia LUNARDI Sibele Maia Lunardi Katia Batista

Resumo

Este trabalho objetiva relatar a importância da Cooperagreco na soberania alimentar e na consciência ecológica no Estado de Santa Catarina/Brasil. O trabalho foi realizado conforme a experiência da cooperativa, de modo a relatar as experiências na trajetória da organização; na evolução dos processos de produção; na comercialização e nos principais desafios e aprendizados encontrados pela Cooperagreco. Os dados coletados foram apresentados pela abordagem dos representantes da Cooperagreco, de acordo com os resultados decorrentes da própria experiência com o passar dos anos. A Cooperagreco foi fundada devido à demanda dos produtores para viabilizar a permanência das famílias no campo, visando conservar os recursos naturais tão marcantes nesta região através da produção orgânica. Desta forma, a Cooperagreco, sendo a organização pioneira na diversificação produtiva, foi de extrema importância para solucionar os problemas da agricultura familiar nas Encostas da Serra Geral Catarinense.

##plugins.themes.bootstrap3.article.details##

Como Citar
WEBER, Diego et al. 13548 - A experiência da COOPERAGRECO: Desenvolvimento regional das Encostas da Serra Geral Catarinense. Cadernos de Agroecologia, [S.l.], v. 8, n. 2, nov. 2013. ISSN 2236-7934. Disponível em: <http://revistas.aba-agroecologia.org.br/index.php/cad/article/view/13548>. Acesso em: 20 jan. 2019.
Palavras-chave
cooperativismo; organização; agroecologia; produção orgânica; agricultura familiar
Seção
VIII CBA-Agroecologia / Relatos de Experiências